IMC – Índice de Massa Corporal

IMC ou Índice de Massa Corporal,é uma fórmula que indica se um adulto está acima do peso,se está obeso ou abaixo do peso ideal considerado saudável.

IMC kg/m² Referências
16,0 magreza de 3º grau
16,0 – 16,99 magreza de 2º grau
17,0 – 18,49 magreza de 1º grau
18,5 – 24,99 Normal
20,8 Ideal Para mulheres
22,0 Ideal Para homens
25,0 – 29,99 sobre peso de 1º grau (pré obeso)
30,0 – 39,90 sobre peso de 2º grau
40,0 sobre peso de 3º grau

EXEMPLO PARA CÁLCULO DE PESO IDEAL:

Mulher com 1,60m de altura.
Índice ideal de massa corpórea: 20,8
Cálculo do peso ideal: 20,8 x 1,60 ² = 53,25 kg

Lembre-se que este método nos fornece um dado aproximado.
Deve ser levado em conta também, outros fatores, tais como raça, constituição óssea, idade, etc.

OBESIDADE MÓRBIDA

Os pacientes portadores da obesidade mórbida são aqueles que apresentam um IMC igual ou maior que 40kg/m². Tal tipo de obesidade tem esta denominação devido ao alto índice de complicações que apresentam bem como elevada mortalidade. São casos que podem ter indicação cirúrgica, de acordo a avaliação médica.

Conseqüências da Obesidade:

1. Doenças Cardiovasculares: estas doenças estão intimamente relacionadas com o teor de colesterol e triglicérides no sangue. Os principais distúrbios são hipertensão arterial (pressão alta), hipertrofia ventricular, varizes, infarto do miocárdio e derrame cerebral.

2. Doenças Gastrointestinais: os cálculos biliares de colseterol têm ocorrência 3 vezes maior nos obesos, possivelmente devido ao elevado teor de colesterol no sangue.

3. Diabetes: o diabete é uma doença caracterizada pelo aumento da taxa de glicose no sangue. Nos EUA cerca de 85%.

4. Artrite: as doenças articulares têm forte correlação com o peso corporal e nível de ácido úrico. A artrite é muito dolorosa e resistente a tratamentos. A ocorrência mais comum é a artrite da coluna e dos membros inferiores.

5. Problemas Respiratórios: a obesidade leva à dificuldade respiratória mesmo em estado de repouso, agravando-se com o simples exercício de caminhar, devido à diminuição da ventilação e à reddução da capacidade pulmonar.

6. Câncer: também o câncer ginecológico e da mama é aumentado em 3 vezes nos obesos. Igualmente, o câncer da vesícula biliar, do cólon reto e da próstrata é mais comum entre os besos.

7. Manifestações psicológicas: o desgaste psicológico do obeso no trabalho, na escola, nas relações familiares e sociais é considerável. O auto conceito depreciado pode afetar o seu desempenho no meio em que vive, reduzindo e deprimindo muitas das suas potencialidades.

8. Doenças endócrinas: a obesidade está relacionada com distúrbios endócrinos como agente causal em certos casos. De qualquer forma os distúrbios são: ovários policísticos, diabetes e doença da tireóide.

Anúncios